Instagram: 5 motivos para as marcas apostarem nesta rede social

Instagram: 5 motivos para as marcas apostarem nesta rede social

Os conteúdos visuais são importantes e uma tendência incontornável. Disso ninguém parece ter dúvidas. Mas havendo uma rede social vocacionada para a imagem, por que motivo muitas marcas ainda se questionam se devem estar no Instagram?

Os exemplos de como se pode estar de uma forma criativa no Instagram vão desde as marcas de retalho até aos media, que com o tempo foram mostrando as potencialidades de passar conceitos e informação através de imagens.

Se ainda tem dúvidas, aqui ficam cinco argumentos para pensar seriamente no assunto:
 

1. Conteúdos visuais são a grande tendência

Não sendo novidade que as imagens são muito importantes, a verdade é que 2017 tem sido apontado como o ano em que a aposta nos conteúdos visuais será a grande tendência. Para conhecer melhor algumas tendências que estão a marcar os conteúdos visuais leia este artigo do Search Engine Journal.
 

2. Uma comunidade em forte crescimento

Mesmo os mais resistentes estão a ceder aos encantos do Instagram. São já 700 milhões os utilizadores, o dobro do que eram há dois anos, uma dimensão que as marcas não podem ignorar. A trajetória de crescimento impressiona.
 

3. Os millennials são aficionados do Instagram

Se o seu público-alvo são os millennials, então, não há como contornar esta rede social. O gosto por usufruir das coisas boas da vida, espelhadas em imagens apelativas atrai a geração millennial, tendo sido muitos os que deixaram o Facebook para migrar para o Instagram.
 

4. Uma ferramenta de notoriedade e afinidade

Se os conteúdos partilhados tiverem valor e forem originais, a marca vai criar não só notoriedade, mas também afinidade e conquistar a confiança dos seguidores. Aqui entra a criatividade dos marketeers e dos gestores de redes sociais. Quanto mais envolvimento houver, mais a marca vai ganhar a notoriedade de que precisa para ter mais clientes no futuro. O storytelling através de imagens é certamente uma aposta.
 

5. Uma rede social mais emocional

Se no caso do Facebook não é tão fácil gerar envolvimento e interação, já no Instagram as pessoas sentem-se mais impelidas a reagir. Mais facilmente colocam um coração de gosto sobre a imagem, mas também mais facilmente comentam e partilham. Isso também desafia as marcas a serem mais criativas na produção de conteúdos quando usam esta rede social, o que é um fator muito positivo.
 
Fotografia por Josh Rose via Unsplash

Blandina Costa
Conheça o autor / Blandina Costa

Editora e diretora-geral da Webtexto.