As 4 melhores plataformas para criar uma loja online

As 4 melhores plataformas para criar uma loja online

Independentemente da dimensão do negócio, gerir um e-commerce não pode ser visto como um processo simples. Existem inúmeras responsabilidades para garantir que tudo corre bem e que há retorno sobre o investimento no final de cada mês. Por isso, escolher a plataforma mais apropriada na hora de criar uma loja online pode ser decisivo para ter sucesso. Reunimos as quatro melhores soluções de e-commerce do mercado.

Shopify

O Shopify é uma das plataformas para criar lojas online mais conhecidas do mercado. Com mais de um milhão de empresas em 175 países, denomina-se como solução líder em e-commerce

Este software especializado foi iniciado em 2004 por entusiastas que pretendiam vender equipamentos de snowboard, mas não encontravam uma solução para criar uma loja online de acordo com o que pretendiam.

É, por isso, a plataforma de eleição para quem é um iniciante sem conhecimentos técnicos e precisa de montar rapidamente uma loja com poucos recursos. Tudo o que é necessário já está integrado na plataforma, sendo facilmente personalizável, desde temas gratuitos para ajudarem a criar um design atrativo até ao Marketing e à análise de vendas em tempo real.

Backoffice do Shopify

Preço

  • Shopify Lite: € 7,94 / mês*
  • Basic Shopify: € 25,6 / mês*
  • Shopify: € 69,7 / mês*
  • Advanced Shopify: € 263,9 / mês*

(*Preços podem variar de acordo com a taxa de câmbio de dólares para euros)

É oferecida uma avaliação gratuita durante 14 dias, sem necessidade de inserir cartões de crédito. Assim, é possível verificar se é a plataforma mais indicada para o nosso tipo de negócio, sem precisar de aderir a um plano pago no início. Os recursos disponíveis variam de plano para plano, mas o detalhe mais relevante é a diferença de taxas de transação que o Shopify cobra:

PlanoTaxa de transação
Basic Shopify2%
Shopify1%
Advanced Shopify0,5%

Recursos disponíveis para criar uma loja online

  • Lista de produtos ilimitada;
  • Análise de fraude;
  • Códigos de desconto;
  • Relatórios financeiros;
  • Atendimento ao cliente;
  • Armazenamento virtual ilimitado;
  • Emails automáticos para os clientes que abandonam a loja sem concluir o processo de checkout.

Exemplos de e-commerce criados no Shopify

Website construído no Shopify: The Paneled Lehenda

Website construído no Shopify: Chaos

BigCommerce

O BigCommerce, tal como o seu próprio nome indica, promete recursos em grande! Considerada uma das melhores plataformas para criar uma loja online, a par do Shopify, esta solução é destinada a empresas com uma grande variedade e quantidade de produtos, mas não só. Esta é também considerada uma boa solução para pequenas e médias empresas que pretendem ter maior expressão online.

Fundado por dois australianos em 2009 e sediado nos EUA, o BigCommerce é rico em recursos sofisticados. Embora possa ser considerado apropriado para quem não tem conhecimentos de HTML e/ou CSS, foi desenvolvido para os profissionais criarem uma loja online, pelo que não é tão intuitiva ou user friendly como o Shopify.

Backoffice do BigCommerce

Ainda assim, o BigCommerce tem uma alternativa extra: o Plug-in BigCommerce for WordPress. Para os negócios que têm o seu próprio website e não pretendem criar uma loja online à parte noutra plataforma, o BigCommerce disponibiliza uma integração repleta de recursos dentro do WordPress
Desta forma, é possível continuar a utilizar o backoffice do WordPress e ter acesso a milhares de temas e personalizações exclusivos do BigCommerce.

Plug-in BigCommerce no backoffice do WordPress

Preços

  • Standard: € 26,44 / mês*
  • Plus: € 70,58 / mês*
  • Pro: 299,95 / mês*
  • Enterprise: É necessário contactar o BigCommerce para ter acesso a recursos personalizáveis.

(*Preços podem variar de acordo com a taxa de câmbio de dólares para euros)

Nesta plataforma, é possível criar uma loja online durante o período de avaliação gratuita de 15 dias, sem necessidade de cartões de crédito.

Recursos disponíveis para criar uma loja online

  • Desempenho em SEO;
  • Domínios personalizados;
  • Lista de produtos ilimitada;
  • Venda em várias moedas;
  • Integração com apps de terceiros;
  • Segurança incluída;
  • Sem taxas de transação.

Exemplos de e-commerce criados no BigCommerce

Website construído no BigCommerce: Havard Business Publishing
Website construído no BigCommerce: Julius Marlow

WooCommerce

O WooCommerce, ao contrário dos restantes players do mercado de plataformas de e-commerce, é um plug-in de código aberto para uso em WordPress. A verdade é que este é um fator diferenciador dos seus concorrentes, porque o torna tecnicamente gratuito. Por esse motivo, é uma das plataformas mais populares entre as empresas que pretendem criar uma loja online.

Plug-in WooCommerce no backoffice do WordPress

Mas os pontos positivos não se ficam por aqui. O WordPress, pela quantidade de plug-ins disponíveis e gratuitos, permite personalizar o website de acordo com as necessidades de cada loja.

Ainda assim, o WooCommerce também tem os seus inconvenientes. Para quem não está familiarizado com o WordPress ou não tem conhecimento técnico, configurar um serviço de hospedagem, instalar o WordPress, garantir a segurança do website e monitorizar todos os dados de analytics tornar-se-á mais complicado.

Além disso, se o intuito for vender muitos produtos na loja virtual e a empresa não tiver o serviço de alojamento web mais correto, poderá ter problemas de velocidade de carregamento nas suas páginas.

Preços

  • Gratuito

Este plug-in para o WordPress é gratuito na hora de descarregar e implementar no website. No entanto, não é totalmente livre de custos, quando analisamos valores mais gerais, como a hospedagem e o domínio. Estes preços são muito variáveis e diferem de serviço para serviço. Em Portugal, em plataformas como dominios.pt ou amen.pt, por exemplo, é possível registar um domínio e adquirir o alojamento web.

Recursos disponíveis para criar uma loja online

  • Gestão fácil de stock;
  • Fácil otimização para mobile;
  • Plataforma apropriada para trabalhar o SEO;
  • Temas personalizáveis;
  • Suporte de localização geográfica.

Exemplos de e-commerce criados no  WooCommerce

Website construído no WooCommerce: Brown Brothers
Website construído no WooCommerce: Absolute Antibody

3dcart

Para criar uma loja online totalmente otimizada para SEO, a plataforma 3dcart pode ser a solução certa. Porém, ao contrário das ferramentas que fomos mencionando, este software não é para amadores, ou seja, não é tão intuitivo na construção da loja virtual.

Backoffice do 3dcart

A principal vantagem desta plataforma está no facto de todos os modelos (ainda que algo desatualizados) já estarem pré-definidos com as regras de SEO que devem ser cumpridas para garantir um bom posicionamento nos motores de pesquisa. A maioria das soluções de e-commerce não permite uma personalização tão rigorosa, mas o 3dcart dá margem para alterar a arquitetura do website, a estrutura de URL ou até mesmo o próprio código.

Ainda assim, apesar de o SEO ser de topo, os recursos de personalização em termos de design são muito limitados e existe uma restrição no número de vendas, variando de acordo com o plano escolhido.

Preços

  • Startup Store: € 16,76 | € 8,38 / mês*
  • Basic Store: 25,59 | € 12,80 / mês*
  • Plus Store: € 69,73 | € 34,87 / mês*
  • Power Store: € 113,86 | € 56,94 / mês*
  • Pro Store: € 202,13 | € 101,07 / mês*

(*Preços podem variar de acordo com a taxa de câmbio de dólares para euros. Valores não rasurados correspondem a uma promoção da 3dcart válida até 7/12/2020)

Recursos disponíveis para criar uma loja online

  • Temas com SEO pré-definido;
  • Lista de produtos ilimitada;
  • Sem taxas de transação;
  • Suporte de integrações.

Exemplos de e-commerce criados no 3dcart

Website construído no 3dcart: Natural Climbers
Website construído no 3dcart: Just Mens Rings

Estas são as quatro plataformas para criar uma loja online mais conhecidas e usadas em todo o mundo e que valem a pena analisar. Agora é hora de decidir que futuro pretende dar ao seu negócio. 
A verdade é que o e-commerce está a crescer em Portugal, principalmente nesta altura de pandemia, embora seja uma tendência que vem registando um crescimento gradual.

Alie o e-commerce a uma estratégia de Content Marketing

Bruno Santos
Conheça o autor / Bruno Santos

Produtor e gestor de conteúdos da Webtexto.