Google AdWords: Rede de Pesquisa vs Rede de Display

Google AdWords: Rede de Pesquisa vs Rede de Display

Criar anúncios no Google AdWords pode, de facto, ser uma mais-valia para um negócio, na medida em que contribui para aumentar a notoriedade e a visibilidade de uma marca.

Mas, por que é que isso acontece? Basicamente, pelo facto de os anúncios do AdWords poderem aparecer em vários espaços diferentes, como:

      – Google (motor de busca);

 

Websites

      de parceiros;

 

      – Páginas populares da Internet;

 

    – Aplicações móveis.

Cabe depois ao anunciante escolher, de acordo com os objetivos pretendidos e com os produtos/serviços que comercializa, onde é que quer ver o seu anúncio ser exibido.
Os três tipos de campanhas mais utilizados na rede de publicidade da Google são:

      – Apenas na Rede de Pesquisa;

 

      – Apenas na Rede de Display;

 

    – Rede de Pesquisa com Seleção de Display.

 

Rede de Pesquisa

A rede de pesquisa do Google AdWords, uma das formas mais populares de anunciar online, ajuda os anunciantes a alcançar clientes ou potenciais clientes no preciso momento em que estes estão a pesquisar pelo seu produto ou serviço. Desta forma, ao permitir dirigir um anúncio em específico a um utilizador que já está ativamente à procura de algo (isto é, já tem uma intenção), este formato de publicidade acaba por ser bastante mais eficaz do que qualquer outro.

O tipo de anúncio mais comum da rede de pesquisa é o anúncio de texto e pode ser apresentado em três espaços diferentes:

      – Acima dos resultados de pesquisa do Google;

 

      – Noutros

websites

      da Google (como o Google Maps ou o Google Shopping);

 

Websites

    parceiros da Google (quando se quer aumentar o alcance).

Os anúncios de texto são constituídos por um título, uma descrição e um URL de visualização, como mostra a seguinte imagem:

Neste tipo de campanha (“Apenas na Rede de Pesquisa”) é necessário criar palavras-chave. Estas são, provavelmente, o aspeto mais importante de uma campanha de pesquisa e, por isso, devem estar associadas às palavras ou expressões que o utilizador vai usar para pesquisar no Google.

Deve criar uma campanha “Apenas na Rede de Pesquisa” se:

      – Está a trabalhar com um orçamento limitado;

 

    – Vende ou presta um serviço de “emergência”, como canalizador ou eletricista.

 

Rede de Display

A rede de display permite aos anunciantes colocar os seus anúncios numa variedade de websites. Mas, como funciona? Fácil. Este tipo de campanha faz corresponder os anúncios aos websites que contenham conteúdos relacionados com a segmentação que foi feita (por canais, tópicos ou públicos-alvo).

Ao contrário da rede de pesquisa, a rede de display ajuda a captar a atenção de um utilizador numa fase mais precoce do ciclo de compra. Isto significa que o utilizador pode não estar necessariamente em “modo de compra”, mas simplesmente na sua rotina do dia-a-dia (por exemplo, estar apenas a ler um artigo num blog) e, por acaso, ser confrontado com um anúncio que até lhe interessa. É por isso que estes devem ser apelativos o suficiente, ao ponto de levarem um utilizador a clicar no anúncio e a abandonar a página onde se encontrava.

Assim, o facto de permitir utilizar recursos visuais apelativos, como rich media e vídeos, para alcançar um público-alvo específico é, talvez, uma das mais-valias da rede de display.

Segundo a Google, “esta rede abrange mais de dois milhões de Websites que alcançam mais de 90% das pessoas na Internet”.

Por tal motivo, a rede de display é a mais indicada para anunciantes que querem expandir a sua presença online e/ou promover a consciencialização da marca.

Desta forma, a rede de display pode ajudar os anunciantes a:

      – Alcançar uma grande variedade de clientes, com interesses diversificados;

 

      – Criar notoriedade da marca e fidelizar os clientes;

 

      – Fomentar a interação com os clientes;

 

    – Escolher, especificamente, onde os anúncios podem ser exibidos e para que tipo de público-alvo.

Deve criar uma campanha “Apenas na Rede de Display” se:

      – Quer familiarizar as pessoas com a sua marca;

 

      – Tem um processo de vendas longo, isto é, vende um produto ou serviço que os utilizadores não comprarão imediatamente;

 

      – Vende um produto “atraente”, como um produto de luxo;

 

    – Tem vídeos apelativos.

 

Rede de Pesquisa com Seleção de Display

Tal como o nome indica, este tipo de campanha permite ao anunciante apresentar os seus anúncios (quer sejam eles de texto, gráficos, multimédia ou de vídeo) tanto na rede de pesquisa, como na rede de display. A rede de pesquisa com seleção de display é ideal para anunciantes que têm pouco tempo para gerir contas.

Imagem por Glenn Cartens-Petes – Unsplashed

Rita Frade
Conheça o autor / Rita Frade

Produtora e gestora de conteúdos da Webtexto, especializada em gestão de redes sociais.