ZMOT: O precioso momento zero da verdade para as marcas

ZMOT: O precioso momento zero da verdade para as marcas

ZMOT diz-lhe alguma coisa? A sigla foi criada pela Google para se referir aquilo a que chama de zero moment of truth, ou seja, o “momento zero da verdade”.

O que é afinal o “momento zero da verdade”? Como explica Philip Kotler no seu livro “Marketing 4.0”, é:

“Uma fase pré-compra na qual os consumidores pesquisam e processam mais informação. Precede a primeira interação com uma marca ou aquilo a que chama o Primeiro Momento da Verdade.”

Se uma pessoa está a dar os primeiros passos para comprar uma casa e está a querer avaliar os custos que terá de contabilizar em todo o processo, uma das primeiras coisas que vai fazer é uma pesquisa sobre “custos compra de casa”. Os resultados desta pesquisa vão confrontá-lo com uma série de conteúdos que vão ser capazes de responder melhor ou pior a esta dúvida. Se uma marca é capaz de responder diretamente a esta pergunta, disponibilizando conteúdo útil, bem construído e esclarecedor, este será o tal precioso “momento zero da verdade”.

Segundo um estudo da Google, publicado no e-book “ZMOT – Conquistando o Momento Zero da Verdade”, este momento zero pode acontecer de várias formas, umas com mais peso do que outras segundo os inquiridos:

 

  • 50% procurou na Internet e usou mecanismos de busca
  • 49% conversou com amigos/familiares sobre o produto
  • 38% fez comparações de produtos comprados na Internet
  • 36% procurou informações sobre a marca de um produto/site do fabricante
  • 31% leu análises ou recomendações do produto na Internet
  • 22% procurou informações no site de um retalhista/loja
  • 18% tornou-se amigo/seguidor/’gostou’ de uma marca

 

A importância do ZMOT para as marcas

ZMOTA ZMOT tornou-se muito importante numa altura em que o comportamento dos consumidores passou a contar com um passo importante no processo de compra: a pesquisa antes da decisão de adquirir ou não determinado produto ou serviço.

Os consumidores querem mais informações e mais fontes de informação antes de tomarem as suas decisões de compra e isto é válido para qualquer setor. O ZMOT aplica-se a todo o tipo de produtos e serviços, seja no setor B2C ou no B2B.

A importância do ZMOT cria, por isso, um grande desafio aos marketeers: como conseguir conquistar a atenção dos consumidores quando estes se confrontam com um número crescente de fontes de informação antes de tomarem as suas decisões de compra?

A produção de informação e conteúdos digitais úteis que respondem às pesquisas, dúvidas e preocupações dos consumidores é, pois, muito importante. Como refere o e-book da Google sobre o ZMOT, trata-se de uma “prateleira digital” que está disponível 24 horas por dia e, quem não estiver lá perde oportunidades.

Imagem por Gilles Lambert – Unsplashed

Blandina Costa
Conheça o autor / Blandina Costa

Editora e diretora-geral da Webtexto.