Google AdWords: Como está estruturado?

Google AdWords: Como está estruturado?

Conhecer a forma como o Google AdWords está estruturado é meio caminho para se criarem campanhas eficazes (tanto na rede de pesquisa, como na de display), que permitam alcançar os clientes ou potenciais clientes certos.

A título de exemplo, ter uma conta de AdWords bem estruturada irá permitir melhorar o índice de qualidade, o que por sua vez se traduzirá num custo por clique mais baixo e num melhor posicionamento dos anúncios no motor de busca da Google.

O Google AdWords está organizado por várias camadas:

 

CONTA

A conta está associada a um único endereço de email, a uma palavra-passe e a informações de faturação.

CAMPANHAS

Cada campanha tem o seu orçamento (quanto se quer gastar) e definições próprias, que determinam onde os anúncios vão aparecer (como as redes e as localizações geográficas). Cada campanha pode conter um ou mais grupos de anúncios. É importante que cada campanha esteja centrada num único objetivo de negócio e/ou num produto/serviço específico (por exemplo: Campanha 1 – Sapatos; Campanha 2 – Casacos).

GRUPO DE ANÚNCIOS

Cada grupo de anúncios contém anúncios segmentados por palavras-chave que se relacionam entre si. Tal como nas campanhas, é importante criar grupos de anúncios separados para cada tema ou produto que se está a publicitar (por exemplo: Grupo de Anúncios 1 – Sandálias; Grupo de Anúncios 2 – Alpercatas).

ANÚNCIOS

Os anúncios de texto, apresentados nos resultados de pesquisa do Google, são apenas um dos vários formatos de anúncio que se podem criar para promover produtos ou serviços.
Outros formatos incluem anúncios de vídeo, anúncios gráficos, anúncios de conteúdo digital ou de aplicações, entre outros.
Aquando da criação do anúncio, deve-se destacar os aspetos distintivos do produto ou serviço, incluir preços, promoções ou ofertas exclusivas, utilizar uma call-to-action, incluir uma das palavras-chave, fazer corresponder o anúncio à página de destino e, por último, testar.

PALAVRAS-CHAVE

A escolha das palavras-chave certas pode ajudar a alcançar o cliente certo, na medida em que são estas que vão ativar a apresentação dos anúncios e das suas extensões.

COMO ESCOLHER AS PALAVRAS-CHAVE CERTAS?

Em primeiro lugar, deve pensar como um utilizador, ou seja, que termos ou expressões este utilizaria para descrever o seu produto ou serviço. Depois, é importante que as palavras-chave estejam alinhadas com os seus objetivos. Por fim, devem estar também agrupadas por temas semelhantes, sejam eles produtos ou serviços, tal e qual como se faz com os grupos de anúncios.

QUE TIPOS DE CORRESPONDÊNCIA EXISTEM?

Na sua campanha, o anunciante poderá utilizar diferentes tipos de correspondência: ampla, exata, de expressão, entre outros. Cada um deles irá acionar a apresentação do anúncio durante a pesquisa de um utilizador.

Por exemplo, o tipo de correspondência ampla pode ser utilizado para apresentar o anúncio a um vasto público-alvo e o tipo de correspondência exata para apresentar o anúncio a grupos específicos de utilizadores.

Imagem por Andreia Dias

Rita Frade
Conheça o autor / Rita Frade

Produtora e gestora de conteúdos da Webtexto, especializada em gestão de redes sociais.