Como criar conteúdos para vencer com a construção de verdadeiras media companies

Como criar conteúdos para vencer com a construção de verdadeiras media companies

We must create content to win.” Esta frase, de James Sinclair, representa uma das principais ideias que me ficaram dos dois dias de palestras e conversas no CLICKSUMMIT de 2018. Os conteúdos são cada vez mais importantes. Uma aposta que deve ser feita de tal forma que o caminho é as marcas tornarem-se verdadeiras media companies. Mas como?

Um dos caminhos é apostar na quantidade. É certo que todos já ouvimos falar da quantidade exorbitante de conteúdos que se produz diariamente no mundo inteiro. A overdose de conteúdos alastra-se a quase todas as áreas e setores. Mas esta teoria foi desmontada por dois oradores: o empreendedor britânico James Sinclair e o diretor executivo da Vayner Media para a Europa, Eric Fulmiler. Vejam como…

 

James Sinclair (@JamesSinclair85)

James Sinclair numa apresentação eufórica e empolgante, que levou o empreendedor britânico a beijar o chão , falou sobre a criação de uma marca pessoal.

– Como criar essa marca pessoal? – perguntamos nós

– Criando conteúdo – respondeu Sinclair.

– Que conteúdo? – perguntamos nós desta vez.

“Consistent content”, afirmou Sinclair.

Mas vamos por partes. Segundo James Sinclair, deve ser um mix de conteúdos “long form” e de “short form”, usando os mais diversos formatos ao longo de muitos anos. Diz mesmo que se esta receita for aplicada de forma consistente, ao fim de 10 anos o sucesso é garantido. E não se trata de uma solução mágica porque, adivinha Sinclair, poucos vão ser os que conseguirão produzir de forma consistente durante tanto tempo. Resumindo: “You will win, because people quit.”

Basta começar com pequenos tweets e perceber o que tem maior eco. Depois disso, passar a formatos um pouco mais longos, como artigos ou pequenos vídeos. Mais tarde, seguem-se os vídeos mais longos ou os podcasts. O próprio James Sinclair é prova de que é possível criar verdadeiras media companies e prova disso era o cameraman que o acompanhava em palco e que o acompanha sempre. O resultado está à vista na sua página de YouTube.

Mas James Sinclair é apenas um exemplo do que fazem muitos empreendedores que ganham notoriedade. Quem não conhece Richard Branson da Virgin?

 

 

Eric Fulwiler (@EFulwiler)

Mais calmo, mas muito claro, Eric Fulwiler deixou muitas ideias e muitas dicas que caracterizam o trabalho da Vayner Media, uma marca criada pelo empreendedor Gary Vaynerchuck (@garyvee), ele próprio um exemplo de um empreendedor cujo nome já se tornou uma marca e uma inspiração para muitas pessoas.

Think like a publisher”, aconselhou. Se assim for, as marcas terão de definir muito bem as suas audiências e de tornar o seu conteúdo relevante para essa audiência. Para isso é preciso segmentar muito bem os públicos-alvo. O passo seguinte é produzir mensagens personalizadas para os vários segmentos e criar em escala.

Para Eric Fulwiler a fórmula é clara: muito conteúdo e produzido com grande rapidez, porque só assim será possível perceber rapidamente o que resulta. Por cima de tudo isto, não esquecer: “Be inspirational!

Acabo com a frase com que Fulwiler começou a sua apresentação, citando Gary Vaynerchuck: “Ideas are shit, execution is everything!

 

 

Blandina Costa
Conheça o autor / Blandina Costa

Editora e diretora-geral da Webtexto.