Como otimizar o SEO de um artigo

Como otimizar o SEO de um artigo

Qual é o seu processo de escrita de um artigo? Recolheu os dados de que precisava, falou com os especialistas certos e enumerou uma série de dicas que tornam o seu artigo num recurso importante para a sua audiência? Mas será suficiente para garantir que o seu público-alvo vai encontrá-lo? Não, não é garantido que assim seja. Para isso, é preciso otimizar o SEO (ou o Search Engine Optimization) do seu artigo.

Se pretende escrever para um blog ou ter um website e posicionar os seus conteúdos nos motores de pesquisa, é obrigatório conhecer esta ferramenta e saber como funciona. Otimizar o SEO implica perceber que o Google utiliza um conjunto de algoritmos para determinar o cumprimento de requisitos pré-estabelecidos para posicionar uma determinada página nos resultados orgânicos, aumentando a sua visibilidade e gerando conversões.

Esta ferramenta tem uma componente mais técnica – que pode implicar uma complexa reestruturação do website ou do blog –, mas inclui alguns passos simples na construção dos conteúdos. A utilização de palavras-chave e uma estratégia de link building num artigo são alguns dos componentes que podem otimizar o SEO. Mas não só. Conheça as regras de construção de um artigo que o podem ajudar a posicionar os seus conteúdos nos motores de pesquisa.

Title

O Title, ou título em português, é o elemento HTML utilizado para descrever o assunto de uma página web. Este elemento é o título que pode ser visto nos motores de pesquisa.

title, SEO, otimizar o SEO
Exemplo de título de um artigo posicionado pela Webtexto.

Os títulos são, para os motores de pesquisa e para os leitores, um dos primeiros passos para determinar a relevância de um conteúdo. É, por isso, fundamental que este inclua uma palavra-chave e que tenha entre 40 a 60 caracteres (para que não apareça cortado nos resultados de pesquisa do Google). Se for informativo, sugerimos que seja afirmativo, ativo e simples. Se, por outro lado, for um título mais atrativo, recomendamos que seja sugestivo, curto e partilhável nas redes sociais.

Description

A descrição, também conhecida como Meta Description, é o texto adicional que aparece nos resultados de pesquisa e que nos permite saber o assunto da página web que estamos prestes a visitar.

descrição, SEO, otimizar o SEO
Exemplo de descrição de um artigo posicionado pela Webtexto.

Este texto tem um impacto indireto no posicionamento das páginas, mas dá aos leitores todas as informações de que estes necessitam para decidir se o conteúdo corresponde (ou não) ao que procuravam. Também é importante incluir a palavra-chave. Além disso, deve ter um máximo de 155 caracteres, para não aparecer cortado nos motores de pesquisa. Se cumprir estas regras e a descrição estiver apelativa, não será certamente pela descrição que não irá captar mais utilizadores para as suas páginas.

Palavras-chave

A definição de uma palavra-chave, ou Keyword, para o seu artigo é um dos momentos mais importantes para otimizar o SEO. A escolha deve estar relacionada com o assunto sobre o qual vai escrever. Imagine que pretende redigir um artigo sobre os melhores destinos de férias em Portugal. A sua palavra-chave deve estar relacionada diretamente com este assunto. Deixamos-lhe alguns exemplos:

palavras-chave, keyword, SEO, otimizar o SEO
 Exemplo de pesquisa de palavra-chave para a expressão “destino de férias em Portugal”.
Fonte: SEMrush

Para ajudá-lo a executar o estudo de palavras-chave e a otimizar o SEO, pode recorrer a algumas ferramentas como o Google Trends (gratuito), o Ubersuggest (gratuito, mas com limitações) ou o SEMrush (pago).

Texto

No corpo do artigo, deve utilizar a palavra-chave principal de forma natural, para não criar ruído. Em relação ao número de palavras do artigo, a palavra-chave deve ser usada 0,5% vezes. No entanto, o mais importante é produzir um conteúdo de qualidade e que responda às necessidades do utilizador. Se a palavra-chave for utilizada em excesso, somente para melhorar o posicionamento nos motores de pesquisa, o algoritmo tem a capacidade de perceber e penalizar o conteúdo. Além disso, uma densidade acima dos 3% é considerada uma técnica negativa de SEO, mais conhecida por Keyword Stuffing.

Keyword Stuffing, SEO, otimizar o SEO
Exemplo de canibalização de palavras-chave, uma conduta penalizada em termos de SEO.

Quanto aos “locais” nos quais a palavra-chave deve estar presente, não existe uma receita exata, mas é recomendável que esteja incluída no primeiro parágrafo e num dos subtítulos do artigo. Para otimizar o SEO, o corpo do texto deve, ainda, ser suficientemente longo – número mínimo recomendado de 300 palavras. Sugerimos também que contenha links internos e externos, subtítulos (ou chamados H2, na gíria do SEO), bullets, palavras de ligação e parágrafos curtos.

Links internos e links externos

Os links internos e externos são uma das grandes componentes do SEO, segundo indica o próprio Google. No caso dos links internos, estes direcionam para páginas dentro do próprio website ou blog e são aconselhados para facilitar a navegação dos utilizadores dentro dos conteúdos.

Por outro lado, os links externos devem ser feitos para websites de referência que tenham um domínio com uma boa autoridade digital, ou seja, de confiança. Além disso, devem direcionar-se para informações extra sobre temas relacionados com o seu artigo, como dados, definições de termos ou estudos. Esta estratégia serve para conferir maior notoriedade e credibilidade às suas páginas.

storytelling, link internos, links externos, SEO, otimizar o SEO
 Exemplo de artigo sobre o storytelling com links internos e externos.

Imagens

Os conteúdos devem ser acompanhados por imagens que ajudem os utilizadores a entender a informação que se pretende passar. No entanto, a otimização do SEO não se faz só pela imagem em si, mas principalmente pelos títulos e textos alternativos (ou chamado de Alt Text) que a acompanham. Estes componentes devem descrever a imagem para ajudar os motores de pesquisa a interpretarem o seu significado.

Por esse motivo, é necessário ter um especial cuidado quando está a importar uma imagem para o backoffice do seu website ou blog.

Alt texto, SEO, otimizar o SEO
Exemplo de caixa a preencher para colocar o Alt Text e o título das imagens.

Todos os fatores mencionados servem para potenciar a visibilidade dos conteúdos nos motores de pesquisa e podem ser geridos facilmente com a ajuda de plug-ins vocacionados para avaliar o conteúdo e a estrutura de um artigo .Para tal, existem ferramentas como o Yoast SEO que podem ser instaladas em softwares de gestão de conteúdos, como o WordPress, para o ajudar a otimizar o SEO.

Continua com dúvidas sobre em que consiste o SEO? Esclareça todas as questões com a ajuda do artigo “O que é SEO?”.

O que é SEO?

INVISTA NUMA ESTRATÉGIA DE CONTENT MARKETING DIVERSIFICADA E CREDÍVEL.

DESAFIE-NOS

Bruno Santos
Conheça o autor / Bruno Santos

Produtor e gestor de conteúdos da Webtexto.