Como aumentar os seguidores no LinkedIn?

Como aumentar os seguidores no LinkedIn?

A presença no LinkedIn, com cerca de 400 milhões de utilizadores, é quase inquestionável para a maioria das empresas e dos profissionais. É lá que se começa por fazer pesquisas quando se procura profissionais, quando se quer aumentar a rede de contactos ou alargar o leque potencial de vendas. Ainda que a presença seja inquestionável, a verdade é que nem sempre as empresas sabem como gerir a presença nesta rede profissional e acabam por relegá-la para segundo plano. Afinal, como ganhar audiência no LinkedIn?

Sem grandes custos para a empresa, é possível melhorar a presença e aumentar o número de seguidores no LinkedIn. No livro Epic Content Marketing, Joe Pulizzi, fundador do Content Marketing Institute, adianta algumas dicas para uma presença eficaz na maior rede profissional da Internet. Já o especialista Tom Treanor, também associado ao Instituto de Content Marketing, adianta várias dicas para iniciar publicações de grande alcance. Entre as várias recomendações há uma lista de passos a dar para ganhar maior visibilidade no LinkedIn.

 

Dicas para gerir a presença no LinkedIn

 

info, perfilPerfil da empresa atualizado

Para melhorar a presença no LinkedIn é preciso começar pelo princípio, o perfil da empresa. Este deve estar atualizado e deve transmitir uma imagem fiel da empresa.  É importante não deixar escapar nenhum detalhe que possa ser importante quando alguém quer conhecer melhor quem é e o que faz a empresa.

 

person, userFuncionários em sintonia

Os colaboradores da empresa, especialmente os detentores de cargos executivos, podem associar-se à marca ou empresa e servir como fonte de conteúdos. Algumas empresas fornecem uma conta premium no LinkedIn aos funcionários e enviam informação que estes podem partilhar nas suas redes – o que potencia o volume de tráfego.

 

checkConteúdos com recomendações

As recomendações de clientes criam novos conteúdos gerados pelos próprios utilizadores, o que dá uma imagem de credibilidade e mostra a confiança que outras marcas depositaram na empresa.

 

people, groupParticipação em grupos

A entrada em grupos de discussão pode ser uma forma de demonstrar capacidade de liderança e entrar em diálogos que poderão transformar-se em oportunidades de negócio. É necessário partilhar conteúdo, através de links, e interagir com os restantes participantes.

 

 document-128Partilha de conteúdos

A empresa deve publicar conteúdos relevantes no LinkedIn. Os conteúdos devem estar centrados na atividade da empresa e na sua área de negócio, indo ao encontro da informação que o público-alvo procura. A qualidade deve sobrepor-se à quantidade. Publicar conteúdos no LinkedIn Pulse é também uma forma de dar projeção.

 

 

A importância dos conteúdos

 

target, audiênciaPúblico-alvo

Tom Treanor destaca a importância de definir bem o público-alvo. Por exemplo, refere o autor, se os clientes da empresa forem CEO’s do setor do marketing, devem ser criados posts com esse perfil em mente. Se o objetivo for alcançar o máximo de público possível dentro de uma determinada área, devem procurar-se os contactos com pontos de interesse em comum. Uma conta premium no Linkedin permite agrupar pessoas por área, função e ligações.

 

LikePrimeiro post

Depois, há que ter em atenção a importância do primeiro post: consoante o impacto poderá encorajar as pessoas a clicar para ler ou a desligar as notificações acerca de posts futuros.

 

LinkedIn PulsePublicar no LinkedIn Pulse

O LinkedIn Pulse é uma seleção de posts de topo feita pelo LinkedIn. Para ser selecionado, é preciso escolher um tema que seja perfeitamente enquadrado dentro do tópico, selecionar uma imagem apelativa e adicionar tags relevantes. A seleção pelo LinkedIn pode ser feita em minutos. As categorias incluem empreendedorismo e pequenos negócios, publicidade e marketing, produtividade, liderança e gestão, recrutamento e seleção e grandes ideias e inovação.

 

WebsitePublicar com regularidade

Os conteúdos devem ser publicados com regularidade, já que as empresas que publiquem 20 posts por mês alcançam 60% do público-alvo com pelo menos um update. A Hubspot, uma agência especializada em content marketing, recomenda que o conteúdo seja planeado antecipadamente, com tempo para pesquisar a informação, calendarizar os posts e utilizar software para publicação automática.

 

like, userConteúdos setoriais e que apelem à ação

O foco deverá estar na partilha de informações setoriais, notícias empresariais e divulgação de novos produtos e serviços. O ideal é que os posts induzam a uma ação por parte do leitor, através da colocação de links, que duplicam o grau de interação. Depois, é importante fazer o follow up da atividade gerada. O contacto gerado poderá resultar em oportunidades de negócio.

Webtexto
Conheça o autor / Webtexto

<p>Fundada e constituída por jornalistas experientes, a Webtexto acumula já mais de 15 anos de atividade em diversas áreas e setores, especializando-se na área de informação e content marketing.</p>