7 segredos para garantir o sucesso nos posts do Facebook

7 segredos para garantir o sucesso nos posts do Facebook

À partida sabemos que cada rede social tem o seu próprio perfil e, olhando para o nosso comportamento, também percebemos que não estamos ou vemos da mesma forma posts do Facebook, do LinkedIn ou do Twitter, por exemplo. No naipe de escolhas, independentemente do setor ou área de negócio, há uma rede social que parece quase incontornável, o Facebook. 

Mais de 90% das empresas está ativamente presente no Facebook, se tivermos em conta os dados de um estudo da plataforma de gestão de redes sociais Buffer, que consultou mais de 1.800 marketers de empresas de diversas dimensões.


Fonte: Buffer

Mas que tipo de conteúdos e posts devemos fazer? Que tom devemos utilizar numa rede social em que estamos de forma descontraída e na qual também procuramos informação e aprendizagem? Saiba como podemos garantir o sucesso nos posts do Facebook.

#1 Conteúdos inspiracionais e divertidos

Encontrar conteúdos que divertem e inspiram as pessoas é um dos segredos do êxito no Facebook. Não há dúvida de que este tipo de publicações é aquele que gera maior envolvimento, mais gostos, mais comentários e mais partilhas nesta rede social. Logo, o alcance orgânico aumenta.

A cadeia de cafés Starbucks é um bom exemplo:

#2 Conteúdos humanos e que nos aproximam

Nada como sermos autênticos e mostrarmos o nosso lado humano nos posts do Facebook. Isso vai ajudar a criar afinidade entre a marca e as pessoas. Esta é também uma boa estratégia para empresas mais pequenas, que, assim, conseguem gerar relações de proximidade com os seus clientes e não têm necessidade de fazer um grande investimento monetário. Um bom exemplo deste tipo de conteúdos são os momentos behind-the-scenes.

Neste vídeo, a Taco Bell explica como toda a equipa se está a adaptar para garantir maior segurança aos trabalhadores e aos clientes.

“Quando falamos sobre as nossas dificuldades e a nossa história, as pessoas podem relacionar-se connosco e nós podemos inspirá-las. Não tenham medo de partilhar o lado mais pessoal da vossa empresa.”

Andrea Vahl, consultora de Marketing do Facebook e palestrante

#3 Conteúdos que contam histórias

Todos gostamos de ouvir boas e verdadeiras histórias e estas podem tornar-se num excelente investimento nos posts do Facebook. Ao apostar no storytelling, estamos a inspirar a nossa audiência com os casos concretos de pessoas que viveram ou têm os mesmos desafios que nós.

“Todos gostam de uma boa história. As pessoas querem sentir-se ligadas a um grupo, pertencer. E as histórias dão-vos [às marcas] um motivo para comunicar e relacionar-se. São estimulantes e dão-nos algo em que acreditar. Além disso, fazem-nos sentir melhor, mais inteligentes, seguros ou mesmo amados.”

Neil Patel, empreendedor e marketer

#4 Conteúdos práticos e didáticos

Os conteúdos que nos ensinam e que, de uma forma prática, nos dão dicas sobre “como fazer” em vários domínios da nossa vida, geralmente, têm sempre uma grande interação no Facebook. Ajudam-nos a ultrapassar os nossos desafios, melhoram as nossas vidas e podem ser tão úteis que queremos partilhá-los com os nossos amigos. 

Um bom conselho retirado do artigo The 2019 Ultimate Guide to Facebook Engagement: perguntem o que podem “mostrar” à vossa audiência, em vez de simplesmente “dizer-lhes” alguma coisa. 
Um exemplo interessante é criar um post que explique um processo passo-a-passo. Nesta área, páginas como a So Yummy mostram como estes conteúdos resultam.

#5 Conteúdos que encarnam um propósito

Cada vez mais, as pessoas criam relações com as marcas que têm um propósito ou uma missão na qual se reveem. Partilhar conteúdo que evidencia esses valores gera afinidade, cria proximidade e fideliza clientes.

Desta forma, as marcas criam comunidades em torno de causas que unem as pessoas.

Esta foi a aposta da Fitbit, que mais do que falar de produto criou uma comunidade de utilizadores em torno do fitness, seguindo a missão de ajudar os seus clientes a atingirem os objetivos.

#6 Conteúdos que apelam à interação

Pedir o contributo e a opinião da nossa audiência é uma forma de lhe dar protagonismo e de lhe mostrar que a sua opinião também conta. Ao mesmo tempo, estamos a criar envolvimento e a chegar a cada vez mais pessoas.

#7 Conteúdos que apostam na diversidade

Sabemos que, por natureza, o vídeo gera mais interações e tem um maior alcance, mas o feed não deve viver só de vídeos. É importante diversificar os formatos. 

Mari Smith, especialista em Facebook, recomenda uma espécie de receita nos posts do Facebook: 70% de vídeos, 20% de imagens e 10% de publicações com links, lembrando que, de qualquer forma, é possível incluir links e call-to-actions nos vídeos e nas imagens. O mais importante, reforça, é não olhar para o volume, mas para o ROI [retorno do investimento] de cada post individualmente.

E podemos usar as palavras de Mari Smith para resumir o essencial deste artigo: apostem no “Edutain” e usem um misto de conteúdos que educam e entretêm. Ou seja, ensinem qualquer coisa de útil, algo que esteja relacionado com um nicho em que são peritos e façam-no de uma forma divertida.

INVISTA NUMA ESTRATÉGIA DE CONTENT MARKETING DIVERSIFICADA E CREDÍVEL.

DESAFIE-NOS

Blandina Costa
Conheça o autor / Blandina Costa

Editora e diretora-geral da Webtexto.